Núcleos Brasília, Anápolis e Goiânia da FTL-B.

De 20 a 22 de novembro o nosso secretário executivo, Robinson Jacintho, esteve visitando o Planalto Central para uma peregrinação fraterna de reflexão, testemunho e diálogo entorno da Missão Integral da Igreja, dos olhares acerca do CLADE V, assim como a comunhão entre os núcleos Brasília e Anápolis, e a feliz e esperada organização de mais um núcleo do nosso movimento com irmãos da cidade de Goiânia.

 

Núcleo Brasília

 

O encontro do núcleo Brasília foi mais uma oportunidade fraterna para o amplo debate sobre o comissionamento cristão em meio a um contexto eclesial em suas múltiplas interpretações do que é seguir a Jesus na contemporaneidade. Entre outros irmãos, estiveram presentes os amigos Ricardo Barbosa, Carlinhos Veia e Thiago Tomé, que a partir de suas reflexões apresentaram quais foram suas impressões sobre o Quinto Congresso Latino Americano de Evangelização – CLADE V – que ocorreu recentemente (09-13 de julho) em San José, Costa Rica, e o que isso implica para o fazer pastoral nas comunidades locais e outras propostas para a caminhada do núcleo local em 2013.

O encontro foi marcado por ricas contribuições, como por exemplo, as de Carlinhos Veiga que ao explanar sobre suas impressões do CLADE V, teve a ajuda de Ricardo Barbosa que, mesmo não tendo participado do congresso, trouxe vários elementos das outras edições que corroboraram para um entendimento macro da importância que é o CLADE para a práxis evangélica no Brasil e no continente Latino Americano. Thiago Tomé também trouxe excelentes colocações a partir da sua participação na Costa Rica, e disse que o CLADE V precisa ter mais visibilidade tanto nos núcleos como também para as igrejas refletirem os seus marcos constituidores para o seguimento de Jesus.  

Como núcleo local, a proposta de trabalho em um primeiro momento é de reverberar mais o congresso, trazer uma agenda de oração para o exercício de uma espiritualidade cristocêntrica, integral e missional, contribuir a partir de seu contexto com mais reflexões bíblico-teológicas e conjunturais para a retomada dos Boletins Teológicos da FTL Brasil, e finalmente ampliar o debate envolvendo a questão da ética (ou a sua falta) por muitos líderes evangélicos e líderes que estão na esfera pública do nosso país, pois conforme relatou Ricardo Barbosa: “mesmo considerando que o Cristo é o nosso parâmetro, hoje em nosso Brasil estamos presenciando contornos dramáticos e infelizmente não temos mais nenhum referencial de boa conduta ética entre os nossos pares, para nos espelhar como cidadãos brasileiros e do Reino”.

 

Núcleo Anápolis

 

Em Anápolis o encontro foi em meio a um bom almoço junto com os coordenadores Gildásio Vasconcelos e Frederico Schutz Rabelo. Foi visto entre outros assuntos a questão do CLADE, que por sinal o irmão Gildásio esteve em Costa Rica e auxiliou nas colocações sobre as possibilidades de pós-congresso, e os projetos da FTL-B em sua atual diretoria para a nova gestão, assim compreendidos os objetivos e postulados, enquanto satisfatório embasamento dos marcos da FTL-B para garantir o caráter reflexivo e missional da caminhada do movimento, assim como para o desenvolvimento de novas reflexões fomentando a participação de mais pessoas à luz da Teologia da Missão Integral.

 

Lançamento do Núcleo Goiânia

 

Logo após o término do encontro em Anápolis o grupo seguiu para Goiânia onde se reuniu na Câmara municipal da cidade para a realização do encontro.  Esta inauguração foi fruto de longas conversas entre o antigo secretário executivo, Wilson Costa, com alguns dos irmãos residentes e atuantes em seus ministérios locais. O Núcleo Goiânia será coordenado pelos irmãos Marco Aurélio, Susimar Vitoria e Alexandre Reis.

No lançamento, Carlinhos Veiga deu uma ‘palhinha’ de uma de suas músicas (Sabiá), demostrando que os núcleos da FTL-B possuem espaços para o diálogo entre Teologia e Arte (entre outros diálogos), pois segundo é conhecido do Carlinhos, sua reflexão é comprometida entre outras coisas, com a cultura brasileira e que esta possa ser permeada pelos valores do Reino de Deus em sua abrangência.  

Como ‘liturgia’ para o encontro foi separada pequenas falas que envolveram 1) - Carlinhos Veiga com um breve panorama histórico do surgimento da FTL, bem como os CLADE´s, evidenciando pela sua explanação que devemos considerar que a igreja (nós) é e deve continuar sendo indissociável a Missão de Deus (Missio Dei); 2) - Robinson Jacintho (atual secretário executivo da FTL-B) com pequenos apontamentos da Teologia da Missão Integral, que, grosso modo, é uma Teologia do envolvimento no e com o mundo, bem como uma tarefa que se realiza em e a partir da um momento definido e 3) – Thiago Tomé com uma reflexão testemunhal de como o movimento por meio de seus espaços dialogais, irmãos fraternos e uma boa reflexão bíblica, cristocêntrica e de hermenêutica contextual, contribuiu para a sua prática pastoral e missionária junto a sua vida, igreja local e movimentos tais como a do Fórum Jovem de Missão Integral, o qual ele é o seu atual coordenador.

Logo após tais colocações, o grupo abriu para os demais irmãos tirarem dúvidas que foram apresentadas sempre em um espírito fraterno e dialogal. Assim, o núcleo Goiânia é formado com irmãos, amigos e colegas que na esteira da resposta ao comissionamento do Cristo, são todos desafiados na tarefa de olhar para o passado do movimento como elemento-chave na capacidade para conhecer a nossa própria situação, para compreendê-la e apoderar-se dela, para conhecer as nossas próprias limitações e possibilidades, para compreender nossos próprios recursos e alternativas, podendo dessa forma participar decisivamente na construção de nosso próprio futuro como FTL Brasil, Igreja e Teologia missional.   

 

FTL-B

  • Aliança
  • Faculade Unida
  • Miquéias
  • Missão Cena
  • Conectar
  • Diálogos
  • TearFound
  • VisãoMundial
  • FTSA
The Betst bookmaker bet365 Review
How to register at bookamkersHere